Ouça agora na Rádio

N Notícia

Gazeta Digital

FOTO: Gazeta Digital

Voluntários fazem vaquinha para construir casa para família carente

Uma casa feita no improviso com tábuas de madeira e telhas doadas chamou a atenção de voluntários do projeto Criança Feliz, em Rio Branco (356 km a oeste de Cuiabá), enquanto eles faziam doações de ovos de páscoa para famílias carentes, no último Sábado d

Enquanto eles entregavam os quitutes em uma tarde de chuva, as goteiras apareceram por toda a extensão da casa, que ficou úmida e com água empoçada no chão. A família, composta por um casal e dois filhos, se desdobrava para espalhar panelas pelas goteiras, a fim de estancar o problema. 

De acordo com um dos representantes do projeto, o servidor público David Bandeira, 25, os voluntários se mobilizaram para ajudar Lucinei, Sandra e seus dois filhos pequenos. Uma vaquinha on-line foi criada para angariar R$ 15 mil para ajudar na construção de uma nova casa com estrutura adequada para abrigá-los. 

"Eles tinham uma casa, mas ele teve que vender para pagar o tratamento de saúde da esposa. Ela estava com anemia forte em estado avançado e tem também problemas psicológicos. Eles então foram fazer o tratamento em Cuiabá, mas voltaram porque o custo de vida era alto. Com o que sobrou ele conseguiu comprar um lote", explicou David. 

A casa onde moram agora foi construída com ajuda de amigos e doações. Ainda assim, foi feita no improviso. Trabalhando com diárias, o dinheiro que Lucinei consegue é o suficiente apenas para gastar com sua alimentação e de sua família.

"O dinheiro que a gente arrecadou vai ser para comprar o que precisa para a construção da casa. No final vai ter uma prestação de contas e o dinheiro que sobrar vai ser para ajudar outras famílias que também estejam em situação degradante".

Além do dinheiro arrecadado, eles se organizaram em um mutirão para ajudar na reforma da casa, na última segunda-feira (29). O intuito era mobilizar forças para acelerar a obra. Eles conseguiram o projeto com uma arquiteta voluntária.

"Esta família precisa de um lar e compaixão, que é o resultado dessa mobilização toda que está tendo", finalizou David. Até agora, eles conseguiram arrecadar R$ 11,2 mil, o que corresponde a 75,2% do objetivo final.

FONTE: Gazeta Digital
Link Notícia